quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Tantas novidades!!!

Meu Deus já se passou mais de um ano da ultima postagem... isso que eu disse que queria atualizar semanalmente... a vida corre tanto, são tantas atribuições, acabou passando que nem vi... mas vamos lá... mamãe está aqui pra falar um pouco dos ultimos acontecimentos de 2015

Foi um ano lindo!!! Vocês cresceram demais... Heitor está um homenzinho... Cheio de autonomia, toma água sozinho, come sozinho, troca de roupa sozinho. Escolhe seus desenhos favoritos ,toma banho sozinho... Um encanto de menino, sempre muito gentil e dócil. Está sapeca demais, se junta com o Arthur e causa na sala... Inteligente! Meu filho como você é inteligente! Esse ano em uma brincadeira lúdica com o Arthur no parquinho da escola, entrou em uma caixa de papelão e a Prof. perguntou o q vc estava fazendo. Vc respondeu: Pati esse é meu foguete, nós vamos pra lua!!! A Paty achou a ideia tão interessante que o nome do grupo foi eleito foguete e vocês trabalharam o ano todo com as fases da lua e com a temática espacial, chegaram a montar o ambiente lunar dentro da sua sala de aula, com simulador de voô e roupa espacial... Foi uma experiência inesquecível!!! Você ja sabe as fases da lua, conta até 100 , escreve seu nome está muito esperto. Tem um vocabulário riquíssimo. É encantador!

A Helena... a minha princesa Helena, como vc está linda meu amor!!! Tão independente, cheia de vontades, vaidosa ao extremo, gosta de se pentear o tempo todo, cuida dos seus caixinhos e ai de quem os bagunçar... anda com a mão na cintura, calça os sapatos da mãe e sai caminhando pela casa toda faceira. Tenta vestir minhas roupas, me imita em tudo (principalmente em chamar a atenção do seu irmão... é hilário você com uma mãozinha na cintura e a outra apontando o dedinho pro Heitor dizendo: ai ai ai Heitor).... Vocês se amam de paixão... Você é grudenta dele, vive copiando o que ele faz, vive provocando ele pra chamar a atenção quando está vendo desenho e não te olha... Vocês dormem abraçados e são muito parceiros. Quando pede água o Heitor que corre pra buscar, todo independente quer ajudar a mamãe a cuidar da maninha.
Helena minha princesa você se adaptou muito bem a rotina escolar, ama suas professoras e amigas, é autoritária que só... a prof. da risada dizendo que você coloca ordem na sala, as também é birrenta e geniosa, mas quando não está dando ataques de birra proprios da idade, é a simpatia em pessoa. Você tem sorriso fácil, olhos brilhantes e cheios de vida! Esta cada dia mais parecida com a mamãe e grudenta na mamãe... Rejeita o papai só pra ficar agarrada comigo. A sua mania mais marcante é o "Cuvelo" como chamamos carinhosamente meu cotovelo. Você não solta me cotovelo...fica beliscando a pelinha quando está com sono ou carente... é uma mania diferente mas se não der o "Cuvelo" não dorme.

Você tem um vocábulario rico, é muito explicativa, independente, ousada... Ammaaaaaaa cachorros... não pode ver um cachorro, ja vai colocando a mão e fazendo carinho, não tem qualquer receio de ser mordida... Confesso que isso me preocupa...
Você ama a vovó de paixão... Chega a preferir estar com ela que comigo, mas quando digo que vou embora logo você se joga pros meus braços... Na escolinha vc fez atividades lindas esse ano, a mais especial relacionada a plantar manjericão. O seu manjericão brotou e trouxemos pra casa... temos folhinhas frescas pra usar como tempero...

Esse ano mamãe se encontrou no catolicismo e se converteu... Vocês tem crescido a cada dia nessa verdade... Heitor fala muito de Jesus e Helena, é apaixonada completamente por Jesus Eucaristico e Maria .... Esses sentimentos não são induzidos mas totalmente voluntarios do coração de vocês!!! Nunca se afastem de Jesus meus amores, Ele é o Único pão vivo descido do céu e consagrado para nós na Eucaristia... Preciosos de minha vida amo vocês!!!
Beijos

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Gestação da Helena - A desconfiança...


A Desconfiança...

Oi bebê... quanta novidade pra mamãe... realmente um novo momento... estou tão desacostumada da espera que só sei viver a maternidade diária...rs... pois é... dia 07 de outubro de 2012 acordei pela manhã me sentindo um tanto estranha, não sei explicar, acredito que diferente seja a palavra ideal... mas talvez por ser um dia de eleição, não sei... tinha tudo como um dia normal mas havia algo diferente digamos assim... A tarde Papai , mamãe e o maninho Heitor fomos exercer nossa cidadania, fomos votar em nossos candidatos à prefeito e vereador de nossa região... só uma observação, seu irmão ainda não votou, ele tem apenas 1 ano e 9 meses... Quando estava indo votar algo me chamou a atenção... ali sentada no carro enquanto papai dirigia e conversava, lembrei dentre a tanta correria da rotina diária que... “Minha menstruação já era pra ter vindo!”... todos os meses por volta do dia 05 ela sempre estava presente, mas quem poderia me ajudar a confirmar seria a Tia Neide, que tem as regras parecidas com a da mamãe... liguei pra ela e perguntei... Amiga... quando foi que suas regras ocorreram no mês passado? Ela me disse que por volta do dia 4 de setembro, mas me lembrou de um episódio que me deixou realmente com a pulga atrás da orelha. “amiga, mês passado a sua veio antes da minha... lembra?!” nossa... foi um gelo na espinha e me perguntei : -Ai meu Deus! Será que estou grávida?! Suspeitas vão, suspeitas vem, parei pra me observar... seios doloridos, levemente aumentados, sono demasiado. Nas ultimas semanas mamãe estava indo dormir com as galinhas...rs... Seu irmão deitava pra dormir por volta das 19:30h e mamãe embarcava junto em um sono só, as vezes só acordava no outro dia pela manhã... náuseas também tinha, mas como mamãe estava com um resfriado muito forte , tosse a mais de 21 dias e até suspeita de tuberculose os médicos levantaram, achei que as náuseas e as tonturas fossem devido à gripe. Falei pro seu pai: -Amor, eu estou grávida!!! Ele me olhou com olhos de dúvida e desacreditando disse: ah tá!!! Quero ver o exame!!!  (não acreditou na mamãe), olhei pra ele e com a mesma entonação de voz que falei à ele que sabia que estava gravida do seu irmão, e repeti... você não está acreditando, mas eu sei! Eu estou grávida! O rosto dele se iluminou e os olhinhos já brilharam... e me disse: é amor?! Onde tem um pode ter dois... será muito bem vindo esse bebê... Daquele momento em diante meus pés foram retirados do chão, não conseguia me concentrar, não conseguia pensar em outra coisa... Combinei com a tia Neide que iriamos à igreja dela a noite, e fomos, quando cheguei na casa dela contei pra ela minha suspeita : Amiga , será que estou grávida?! Ela mais que depressa respondeu com aquele sorrisão no rosto: -Eu acho que sim amiga!!! Você está grávida!!! (ela dizia isso porque nas semanas anteriores havia sonhado duas vezes que eu estava dando a luz)... fomos pro culto, eu adorava ao Senhor Jesus e pensava , será que estou gravida? Eu tinha uma real certeza dentro de mim, mas não conseguia acreditar, porque havíamos dito que queríamos outro bebê mas não tínhamos planejado, foi só um comentário e que o projeto ficaria provavelmente para o próximo ano ou próximos anos...rs... o anjo passou , escutou e disse amém! Rs... Na segunda-feira, eu não aguentava mais esperar... pedi ao seu pai que me trouxesse o exame de farmácia que eu queria fazer... fiquei a manhã toda no trabalho pensando na hora do exame... Chegou meio dia vim correndo pra casa, quando papai chegou perguntei ansiosa, trouxe? Ele respondeu: -Não amor! Você faz a noite! (ele ainda não estava acreditando)...rs... Eu disse que tudo bem , mas pedi que por favor não esquecesse... A tarde toda pensando, de instante em instante pensava novamente... foi quando o relógio deu 18:00h, sai correndo pra buscar seu irmão na creche... cheguei em casa ansiosa, dei banho no mano e fiquei esperando papai que apontou na porta às 19:25h. Exame nas mãos corri pro banheiro... papai me repreendeu e disse: Não tem que fazer com a primeira urina da manhã? (até parece que minha ansiedade aguardaria a primeira urina da manhã) respondi: -Do Heitor fiz no meio da tarde, se eu estiver vai mostrar porque já estou com a regra atrasada mesmo... Corri pro banheiro... o teste que papai comprou não tinha potinho, então fiquei pensando em qual recipiente eu faria “pipi” pra saber o resultado... achei um brinquedo do seu irmão que não seria mais dele a partir daquele momento, mas valeria muito a pena...rs.. (uma capsula da surpresa do kinderovo) tá eu te explico : um ovinho de chocolate que vem com uma surpresa dentro, a surpresa esta dentro de uma capsula de plástico, foi essa capsula que utilizei (detalhe: esse kinder foi a tia Neide que deu pro mano) esclarecendo que seu mano comeu o chocolate feliz da vida, rs... só utilizei a capsula... pois bem... não precisa de tantos detalhes mas... urina no potinho, digo: capsula. Olho pro resultado e lá sobe a primeira faixinha... imediatamente a segunda começa a aparecer... seu pai grita da sala: -E ai amor, conseguiu? Eu respondi brincando, só pra pegar no pé dele : -Acho que o teste está com defeito, ele mais que depressa respondeu: eu falei pra fazer com a primeira urina da manhã. Esperei a marquinha aparecer bem evidente e ficou tão forte que igual ou até mais evidente que a primeira , rs... Tirei do copo capsula e levei pra ele que estava sentado na sala , na poltrona da mamãe com o mano no colo... Olha amor... ele olhou e viu duas faixinhas... um ponto de interrogação iluminado surgiu no rosto dele... é positivo? Eu respondi: -Sim!!!! Peguei a caixinha e mostrei na instruções a informação de que duas faixinhas é positivo... ele ficou todo perdido, foi muito bonita a reação... abraçou a mamãe, deu os parabéns, passou a mão na barriga e disse pra você que era muito bem vindo (a). Contamos pro Heitor que não entendeu nada aparentemente, mas no dia seguinte ele demonstrou que havia entendido... chorou o dia inteiro na creche de uma forma diferente, um choro sentido, quando fui busca-lo as diretoras Mari e Thaise me chamaram pra conversar, que estavam assustadas sem entender o motivo pelo qual o Heitor havia chorado tanto naquele dia, um choro totalmente diferente... expliquei que tinha descoberto que estava esperando você e elas associaram a situação a esse fato... e realmente, depois daquele dia seu irmão voltou ao normal. Redobramos o carinho com ele, a atenção e ficou tudo bem... ele sentiu que vinha mais um bebê pra casa... nós achamos que vocês não entendem ou não sentem, mas com certeza sabem antes de nós... hoje ele te acaricia... eu digo pra ele: Dá beijo no maninho ou maninha, ele levanta a minha blusa , coloca o nariz dentro do meu umbigo e dá um beijo bem demorado com um estalo bem alto no final... se diverte... sempre são uma serie de beijos, nunca um só... faz carinho na barriga, dá UPA no bebê... upa é abraço apertado...uma delícia curtir vocês dois... bom , agora vou dar uma pausa porque são 1:11 da manhã do dia 03 de novembro de 2012 (tá , eu sei que estou atrasada, mas a rotina e o sono não me deixam parar pra escrever)... volto depois pra contar sobre o comunicado aos familiares e amigos, o tempo de gestação, o primeiro ultrassom (susto), o segundo ultrassom (milagre – mão de Deus) – nova avaliação médica (envio para o alto risco). E assim vamos... um beijo enorme meu amor... mamãe vai descansar que você esta com sono... papai e maninho já estou sonhando... amo vocês família linda... beijo

Mordidas... Heitor...


Oi filho... faz tanto tempo que a mamãe não vem aqui... estava só ensaiando pra passar aqui e registrar as últimas semanas mas estava muito corrido mesmo porque toda a nossa rotina foi alterada com o retorno da mamãe ao trabalho...

Vamos então falar dos últimos acontecimentos...

Mamãe precisava trabalhar e como a sua vaga na creche da prefeitura não saia (1 ano e 1 mês de espera) tivemos que coloca-lo em uma creche particular... A adaptação foi bem difícil... você chorava bastante quando íamos te deixar, e a mamãe chorava mais ainda... Na verdade quem te levava todos os dias era o papai, pois era caminho do trabalho dele, porém quem te buscava era a mamãe pois o horário do trabalho do papai ficaria muito tarde pra te buscar e também não aguentaria de saudade se tivesse que ficar te esperando...

Sua aceitação acredito que foi ruim naquela creche, eu também não gostava da diretora, achava ela uma pessoa fria e desde que descobriu que você gostava da galinha pintadinha acho que era só isso que você fazia o dia inteiro, ficar assistindo DVD. Eu estranhava porque todos os dias que ia te buscar você estava com lágrimas nos olhos, todos os dias estava chorando, e a alegação das tias sempre era a mesma, Ah mãe , ele acabou de acordar... Falei com teu pai que naquela creche não teria condições de você ficar, não era possível todos os dias chorar daquela forma... Além disso... no primeiro dia quando fui te buscar você estava com 38C de febre e a tia nem havia percebido... quando te peguei no colo imediatamente notei que você estava com febre, questionei e ela disse que não, chegando no carro peguei o termômetro que estava na tua bolsa, certeiro, estava sim com febre. Falei com ela no dia seguinte porque se eu fosse falar na hora eu acho que não seria tão educada como de costume. Mas passando de alhos para bugalhos, rs... graças a Deus no dia 07 de março de 2012 você chamado para a creche Cecília... Creche pública, mas desde o primeiro dia vejo em você uma criança feliz... todos os dias vou te buscar você está sorrindo, passeando pela creche, gargalhando com as tias , que diga-se de passagem te paparicam o tempo inteiro, após ás 17:30h a tia Carla (uma pessoa fantástica) é só sua (como ela mesma diz)... rs... Um lugar em que o coração da mamãe se sente em paz, porque todas as tias, desde a diretora até a tia da limpeza te conhecem pelo nome, brincam com você com brilho no olhar e você responde cheio de carinho... seja com um gritinho, uma gargalhada, um tchauzinho, um esconder de rosto envergonhado que por detrás da mão tem um sorriso lindo ou até mesmo por um estender de braços se lançando no colo delas... esse é mais raro, afinal quando me vê quer logo ir pra casa, mas já aconteceram algumas vezes... sua evolução é nítida... não sabia bater palminhas, com dois dias de creche Cecília, chegou em casa batendo palmas sem parar... Tem amiguinhos, vê as outras crianças e já sabe se comportar socialmente, quer logo ir conhecer, brincar , conversar na sua língua...rs.. é lindo demais te ver crescendo, a cada dia uma nova descoberta, uma nova forma de independência... mas com todo  esse crescimento e contato com outros bebês acontecem também as doenças, naturais na sua idade... Esse é um momento especial em que estamos passando por uma fase delicada com você... Passou 12 dias com uma gripe que não sarava, papai e mamãe saíram com você durante a madrugada depois do aniversário do Tio Calinho porque estava com muita dificuldade de respirar, fomos até o pronto atendimento da cidade, lá o médico te examinou, mandou fazer nebulização e te encaminhou pra casa , sem qualquer medicação para dar continuidade a um tratamento. No dia seguinte o problema voltou, voltamos na mesma semana ao pronto atendimento em que outro médico te examinou, disse não ser nada demais e te mandou pra casa pra tomar paracetamol caso tivesse febre ou dor... mas o coração da mamãe estava agoniado e mais que depressa liguei pra Dra. Cristina, está terrível conseguir uma consulta por aqui com pediatra. Mesmo tendo plano, está muito complicado, enfim, agendada a consulta para 14:00h, te deixamos na creche pela manhã quando eram 9h e 30 min aproximadamente o ramal da mamãe toca, atendi, era da creche, a diretora pedindo pra ir te buscar pois você não parava de chorar, estava se sentindo muito mal e elas já não sabiam mais o que fazer com você... mamãe ficou apavorada... liguei imediatamente pro papai que naquele dia estava com o carro pra uma manutenção referente ao dia que fomos buscar o papai no trabalho e um rapaz deu a ré e entrou na lateral traseira do nosso carro, mas não foi nada demais, foi pouco, graças a Deus não estávamos dentro do carro, o carro estava estacionado, ele que não viu e o melhor é que ele pagou tudo sem qualquer dificuldade pra nós cobrarmos, enfim, o carro estava com o papai por esse motivo, tinha a manutenção pra fazer, seu pai correu pra tirar o carro da oficina e foi direto pra creche te buscar, pegou a manhã de folga pra ficar com você e a mamãe pediu a tarde de folga pra te levar na consulta. Às 14:00 conforme agendado estávamos lá pra consultar, Dra. Cristina te examinou e logo percebeu teu pulmão carregado, disse que isso deveria estar te causando realmente um enorme mal estar, prescreveu a medicação, antibiótico Sinot Clav , inclusive nos deu a medicação o que foi uma benção. Começamos a medicação e você no outro dia era outro bebê, as tias da creche ficaram impressionadas com a sua mudança, ligamos pra saber de você e a Tia Ambrosina (professora) pediu para ficarmos tranquilos que você estava ótimo. Ai que felicidade, saber que você estava bem... Foram 5 dias de medicação tranquilos, até que na noite de domingo pra segunda você rolou na cama a noite toda, chorava, resmungava... a mamãe já estava esgotada, então chamei o papai pra me ajudar, decidimos que deveríamos te levar ao Pronto Atendimento pois percebi que você estava tão inchado que mal conseguia sentar, só queria ficar esticado e tinha muita dor... Papai não deixou a mamãe ir junto, mamãe já não estava falando coisa com coisa e precisaria trabalhar às 7h da manhã, já eram 4 e eu estava com você sem dormir até aquele momento, então papai ou melhor papaizão pediu apenas pra mamãe organizar suas coisas, te colocou no carro e te levou pro PA enquanto mamãe tentava descansar... agradeci o esforço mas foi em vão... mamãe quase não dormiu, cochilei por 20 minutos ou 30 pois estava cansada demais mas só ficava pensando em você. Logo vocês chegaram, 1 hora depois, a médica que te atendeu disse que tratava-se não de gases como a mamãe havia pensado mas sim de retenção de líquido por causa da amoxilina, infelizmente você também tem reação a esse medicamento, desconfio que por causa da piniscilina... mamãe é muito alérgica a este componente, porém a médica nos orientou a não parar a medicação por causa do início de pneumonia, então passou buscopan pra aliviar teu mal estar enquanto o tratamento ainda estava sendo feito, afinal faltavam apenas dois dias... foi o que fizemos...graças a Deus a medicação terminou hoje e você parece estar melhor, mas ainda estou te observando. Além de tudo isso teus caninos estão nascendo, isso te deixa chorãozinho e com o intestino todo desregulado. De resto você está demais de inteligente, aprende as coisas muito rápido... veja quantas coisas já sabe fazer:

*Joga futebol com o papai;
*Pega a bola , joga no chão e vai correndo atrás dela e batendo com o pezinho chamando o papai pra brincar;
*Bate palma e dá gargalhadas;
*Aprendeu a fazer não com o dedo;
*Aprendeu a chamar com a mãozinha;
*Pega uma colher seja em casa ou na creche e sai dando comidinha imaginária na boca de todo mundo;
*Quer comer sozinho, pede pra segurar a colher, põe dentro do seu pratinho, pega o que consegue de comida e põe na boca;
*Corre por tudo, é ligeiro que só;
*Sabe abrir a porta da casa e descer degrau de pé, sem precisar se abaixar;
*Aprendeu a subir e descer degraus pra meu pavor...rs;
*Fala mamãe, papai, água, au-au, alô (aô)
*Pega o celular coloca na orelha e diz (aô) com o sorriso mais lindo do mundo;
*Escorrega no escorregador sem que precise que seguremos, fica durinho , só pegamos você lá em baixo... haja braço
*Brinca de esconde-esconde;
*Ama quando me abaixo distante de você , abro meus braços e digo... Vemmmm com  a mamãe!!! Você vem correndo , abre os braços e se joga nos meus... momento mais delicioso de todos... perfeito... me entrego totalmente no teu abraço meu amor...
*Entra no banheiro e não pode ver a banheira, já vai pra dentro do box querendo entrar com roupa e tudo...rs..
*Aprendeu a abrir tampas de rosca de pomadas pra assadura; (pavor total kkk)

Que eu me lembre por enquanto são essas nossas ultimas aventuras... mamãe também foi em sua primeira reunião na creche e foi delicioso, porque as tias nos deram a primeira lembrança... Você na creche brinca com canetão, desenha, toca em texturas pra descobrir o mundo dos sentidos, e elas mergulharam teu pé na tinta e carimbaram um marca página para nós, cada um com o pé do seu filhinho ... fiquei muito emocionada... outro dia cheguei lá e tinha uns papeis todos rabiscados, era o trabalho de arte que fizeram durante toda a tarde... não preciso dizer que a sua camiseta novinha do scoob  doo veio pra casa destruída, mas valeu a pena porque você estava com o sorriso mais lindo do mundo quando fui te buscar...

Hááá preciso dizer... todas as quintas-feiras você vem pra casa com o cabelo de um jeito diferente, na primeira semana foi pintado de verde com moicano, na segunda quinta-feira foi vermelho todo arrepiado, eu explico... na creche tem a penteadeira da beleza, e todos os dias ela fica em uma sala, as quintas-feiras ela é do berçário, então as tias pintam e bordam com vocês... todos vão lindos e fashions para suas casas, mas o material é todo anti alérgico e testado dermatologicamente, é autorizado sem restrições pra usar nos babys... Essas tias são fantásticas não são???

Mamãe vai postar em breve foto delas aqui...

 

Amo você meu amor...

 

Beijos da mamãe que é a mãe mais feliz do mundo por ter você... Te amo demais!

FEBRE ALTA , MORDIDAS, SUSTO.

Oi filho querido... Mamãe, passando aqui novamente para relatar os últimos acontecimentos...

 

Pois é , na ultima postagem mamãe relatou que foi à reunião na creche e a professora começou a explicar sobre mordidas que poderão naturalmente ocorrer entre crianças da sua idade, enfim... é como se você tivesse escutado as palavras da reunião, no dia seguinte fui te buscar , a tia Carla me chamou para conversar, disse que ocorreu a primeira mordida da sala, e quem foi que estreou o título de mordedor? O senhor , seu Heitor, ai ai ai... A tia Carla me contou que o Jair , (o amiguinho mais sapeca da sala) que tem a sua idade, foi tirar a sua chupeta e pegar o brinquedo que estava na sua mão, você não pensou duas vezes, soltou a chupeta, largou o brinquedo segurou o mão do amiguinho e “nhac!”... resultado foi o Jair chorando durante toda a tarde , sentido, magoado e mostrando o dedinho mordido para as professoras. Nesse caso mamãe e professoras até compreenderam, foi seu ato de defesa, mas nos últimos dias isso tem acontecido com certa frequência, quase dia sim dia não eu chego pra te buscar e recebo a notícia que você mordeu outro bebê...  muitas vezes nem por defesa , simplesmente porque não quer ser contrariado, o que é menos mal nessa situação é que suas mordidas, graças a Deus são leves e não deixam grandes marcas. Fiquei preocupada , assustada, cheguei a perguntar pras professoras se isso poderia ser uma demonstração de agressividade, elas riram e disseram que não, que é natural, próprio da idade, e que com certeza você também em breve virá pra casa com sua marquinha. Resolvi ler a respeito e o que encontrei é que do primeiro ano ao terceiro, é a fase oral da criança, neste caso , tudo você sente com a boca, seja texturas, sabores, cores, tudo você tem o interesse de colocar na boca para conhecer melhor... por isso surgem também as mordidas, por ser a fase oral, até a forma de expressar sentimentos direciona-se para a boca, ainda mais agora com a dentição quase completa, você está com os dois caninos inferiores nascendo, deve coçar muito a gengiva pois quando não tem nada pra você morder, você tem mordido seu próprio braço pra coçar, apenas coçar, quase não fica marcado mas percebo que você se sente bem mais aliviado quando consegue coçar sua gengiva... Fora isso...Sua rotina na creche tem sido muito gostosa, tem se adaptado muito bem e nos últimos dias nem chora mais quando vou deixa-lo pela manhã, o que até a algumas semanas atrás era impossível, pois você abria aquele berreiro.

Teus amiguinhos... sim você tem dois amiguinhos que são os mais parceiros, aquele mesmo menininho que você havia mordido por querer tirar a tua chupeta, se tornou seu maior parceiro de sapequice, o Jair, e também tem o Igor agora, um menino lindo, esperto, parece um mini surfistinha... rs... você chega no meu colo pela manhã e normalmente o Igor já está na sala, há você olha pra ele e nem pro colo da tia Gisele você quer ir, logo se estende todo jogando o corpo para o chão pra que eu te desça do meu colo e vai direto em direção ao Igor que também já está eufórico por ter te visto... uma delícia ver essa tua reação, esse novo momento em que você sente saudades dos amiguinhos e demonstra isso ... Esses dias fui te buscar você estava com um galo enorme na testa... a Tia Carla disse... mamãe está impossível segurar a máfia da chupeta... eu dei risada e perguntei... como assim? Juntam-se os três, Heitor, Jair e Igor... saem pela sala arrancando as chupetas da boca dos bebes menores e colocam na de vocês mesmos, provando todos os tipos de chupeta e ingerindo a maior quantidade de bactérias possível... além disso descobriram que correr é gostoso... resultado... o Jair e o Igor começaram a andar antes de você , então são mais firmes, você ainda desequilibra pra correr... foram os três apostar corrida, quando chegou perto da parede os dois conseguiram frear e você foi direto... chororô garantido, testa roxa, mas felicidade sem fim... cheguei pra te buscar estava a mil por hora. A tia te coloca no chão e você corre em disparada pros meus braços, sensação inexplicável filho... é um sentimento forte demais pra descrever em palavras... pura alegria... meu coração se enche e transborda... nem sei definir o que sinto, só posso te dizer que é o mais puro e perfeito amor... Te amo tantooooooo!!!!

Esses dias cheguei na creche e a professora me disse que você havia mordido  a amiguinha e naquele dia em especial estava muito genioso, não atendia quando era chamado pelo nome, fingia que não era com você, fazia tudo que pediam que não fizesse, estava muito atrevidinho .. olhei pra você e perguntei : -Filho, a quem você puxou genioso desse jeito? Você me olhou com o olhar mais lindo do mundo, um sorriso bem largo e disse : -Mamã!!! Kkkkkkkkkkk a risada foi geral filho, a professora (Tia Carla) e a vice diretora (Thaise) que presenciaram a cena não se continham de tanto que riram... mamãe te amassou todo por ficar me dedurando diante de todos... kkkk você está cada dia mais delicioso...

 

Resultado da máfia da chupeta : Pois bem como mamãe já havia relatado no post anterior, você estava novamente tomando antibiótico... na sexta-feira santa 06/04 você estava de novo com tosse, dificuldade pra respirar, não conseguia dormir... levamos você ao Pronto Atendimento, lá a médica receitou outro antibiótico, expliquei à ela que você tinha acabado de terminar um tratamento e eu estava preocupada com tanta medicação... ela pediu um raio x e identificou que seu pulmão estava realmente carregado e seria sim necessário entrar com antibiótico para evitar problemas futuros, porém passou azitromicina e apenas 1 vez ao dia, além disso inalação com Berotec e Atrovent segundo ela pra fazer mais efeito e predinisona que é o anti alérgico pra aliviar a tosse. Saimos do hospital e fizemos teu tratamento por 5 dias, foi imediata tua melhora, porém o tratamento terminou, a máfia da chupeta em ação, no sábado a noite coloquei a mão em você após o banho pra fazer um carinho e senti que estava muito quente, corri pro termômetro, 38.9C... fiquei assustada, não tinha motivo aparente, não estava tossindo, estava super bem até horas antes... Monitorei você durante a noite, ficou bem, quando o dia amanheceu , lá estava você novamente com 39.4C de febre, fiquei apavorada, dei a medicação pra baixar e um banho, levamos ao hospital novamente, ao chegar lá só estavam aceitando crianças com febre alta ou emergências, (detalhe, isso pelo convênio particular), enfim, voltamos com você pra casa... quando deu 23:30h você estava com 39.8C descemos correndo com você pro hospital, havia um atendimento de emergência o que atrasou a sua medicação, a médica disse que o quadro era viral, não havia nada no pulmão, disse que não te daria antibióticos pois descrevi o histórico de medicações , ela alegou que isso é muito ruim , pois o próprio organismo é capaz de combater uma serie de infecções sem a necessidade de intervir com antibióticos, porém , caso seja administrado por pequenas infecções o que ocorrerá é que quando for necessário talvez os mais fracos o corpo já não entenda e seja necessário entrar com medicação forte desnecessariamente... passou apenas antitérmico para  controlar a febre e caso em 72h a febre não sumisse ou se não baixasse então deveríamos retornar para exames e talvez internação. Graças ao bom Deus não precisou. Mamãe também estava com uma gripe violenta... Na segunda-feira ficamos em casa... na terça você voltou e agora graças a Deus está bem...

 

Pausa pq vc quer subir no meu colo, acabou de acordar com o papai... hoje é sábado 21/04/12 foi nanar com o papai após o almoço, agora quer mexer no notebook.

 

D5 6TYTYG  GTYGTYXDVVVVVVVVVQ3IKM, 43SVM;KNLLKJKJKLJKJKLJ REEEEEEEXCJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJW.

0

 

\A\SZDC FCX

 

Acima as palavras q vc deixou para o futuro...rs...

Bom filho e é isso... graças a Deus o susto passou... as febres acabaram... a tia Carla cortou totalmente a máfia da chupeta, ela tira todas as chupetas de todos os bebês e só devolve na hora do soninho...rs... Você está lindo, saudável, muito esperto e cada vez mamãe está mais apaixonada por você.

 

Te amoooo!!!

 

Obs.: Há novidades... quando você é contrariado coloca a cabeça no chão o bumbum pra cima e fica fazendo manha... quando chamamos sua atenção e demonstramos estar bravos você começa a mandar beijinhos pra ver se nos conquista...  kkkkk... figura...

 

Beijo fiho, te amo!

 

 

Olha o que eu achei... História de amor... História do papai e da mamãe...


Eu morava em SP e meus pais vieram embora para Santa Catarina... Fiquei morando em SP sozinha devido a faculdade. Após sair do emprego, encontrei a necessidade de vir embora para Santa Catarina, precisei do auxílio de meus pais, que me receberam com todo carinho. Estava trabalhando em uma empresa em Balneário Camboriú quando uma amiga me disse que estavam selecionando candidatos para uma empresa em outra cidade próxima, Itajaí... Não sei porque, ou até sei, senti uma vontade imensa de me candidatar à vaga. E fui... Fui aprovada e pedi demissão no emprego que estava em Balneário Camboriú. Certo dia , trabalhando levantei-me na PA (Ponto de Atendimento) e um rapaz me olhou, não dei muita atenção pq não o conhecia, era novo na empresa... Mas sorri para uma amiga... lembro-me até hoje da primeira vez que o ví... Enfim... ele se apaixonou imediatamente, inclusive estava ao lado de um grade amigo meu e pediu informações sobre mim, prontamente meu amigo (Romero), disse quem eu era, falou um pouco sobre mim... Pra minha surpresa quando cheguei em casa a noite e abri o meu orkut , tinha um recado de um rapaz que não me parecia estranho, estava me pedindo para adicioná-lo, fiquei na dúvida até que lembrei que era o mesmo que tinha me olhado na empresa. O adicionei, e em seguida veio a solicitação para adicioná-lo também no msn... ficamos em média 20 dias conversando pelo msn, recados orkut e fotolog... eu sentia algo especial por ele , me enviava músicas lindas ... enfim... marcamos o tão esperado encontro... era um domingo 29/01/2006 às 13:00h , ele me encontrou no centro de Camboriú na praça, nosso destino era a praia, porém ele me pediu um favor, que levasse um violão. Passamos na casa de um primo e pegamos o violão emprestado... Fomos para a praia de Mato de Camboriú um lugar muito especial pra mim ,  pois lá crescí passando todas as minhas férias... e tem um canto nessa praia que eu chamava de "Só meu", meu cantinho secreto... mas enfim, não entendi o motivo pelo qual fomos parar em Mato de Camboriú, as coisas foram se encaminhando... chegando na praia... ele pegou o violão e começou a cantar... (ele toca e canta e eu canto) mas nada profissionalmente. Até que em determinado momento ele olhou pra mim e começou a cantar , mas não estávamos cantando juntos... ele me disse:? -"ouvi uma música essa semana e só consegui pensar em você" e começou a cantar "Quando Deus te desenhou, ele tava namorando, quando Deus te desenhou ele tava namorando, na beira do mar... na beira do mar do amor (Armandinho)"... detalhe: Nós estávamos na beira do mar mesmo, sentados em umas pedras...haviam umas meninas próximas de nós que se derreteram quando ele começou a cantar e eu fiquei sem jeito, mas adorei... Em seguida ele soltou o violão me puxou para perto dele, recostei-me  em seu peito, e nos beijamos pela primeira vez. Passamos o resto do domingo juntos, ele me levou em casa, e quando nos despedimos fiquei meio que fora do chão... não entendia muito bem o que tinha acontecido... Ele me mandou várias mensagens e marcamos de nos encontrar na Terça-feira quando eu iria para a praia com duas amigas pela manhã... na terça mesmo ele me ligou dizendo que não iria me ver devido estar muito cansado (ele trabalhava em dois empregos, mau tínhamos tempo para nos ver), mas ele sempre dava um jeito ficando até mesmo sem dormir. Na quinta feira foi o nosso segundo encontro, 04.02.06 nos encontramos às 10:00 da manhã em frente a igreja Matriz de Itajaí, ali ele me pediu em namoro, disse que estava apaixonado por mim... Aceitei ... a tarde eu estava no trabalho e ouvi alguém perguntando: -"Quem é Alexandra"?! -  levantei a cabeça pra responder que era eu e quase não acreditei no que ví... Um lindo buquê (enorme) de rosas vermelhas e entre as rosas uma caixinha, que quando abri, tinha uma aliança de prata (compromisso) e dentro um bilhete dizendo que me amava...Foi algo realmente maravilhoso... minha mãe começou a encrencar um pouco , disse que era pra ir devagar...essas coisas... mas eu estava muito feliz... nos víamos todos os dias... até que completamos 02 meses de namoro... (e dois meses que nos conhecíamos pessoalmente). Ele me levou no píer (um lugar lindo no porto de Itajaí), pediu que eu olhasse em direção as luzes da cidade vizinha (Navegantes) me abraçou por trás (meio Titanic...rs) e colocou em minha frente uma caixinha preta, quando abriu, lá tinham duas alianças douradas... ele me pediu em casamento... Chorei, extremamente emocionada, nem imaginava encontrar alguém assim... Não tínhamos condições, mas não pensamos em nada... cheguei em casa, contei aos meus pais, que por sua vez, ficaram indignados... o Ronaldo foi pessoalmente pedir à eles , meu pai aceitou, mas minha mãe por motivos religiosos não queria aceitá-lo... mesmo assim ele disse que me amava e me faria muito feliz... Continuamos o namoro com projetos para o nosso casamento... em junho. Já não suportávamos mais a pressão de estar longe um do outro, de termos que nos separar todos os dias, ficávamos várias horas na beira da praia, conversando, namorando... se olhando... e cada vez que eu tinha que deixá-lo a tristeza voltava pro meu coração... Foi quando ele disse , nos casaremos o mais rápido possível, eu quero você, amo você e a recíproca foi a mesma... Alugamos uma casa bem simples, e fizemos a mudança... no dia em que fui buscar meus móveis na casa dos meus pais... minha mãe criou muitos problemas, nos ofendeu, etc... Eu fui até a nossa casa nova para levar a mudança, faltava 1 mês para o casamento no Civil , já havíamos dado entrada nos papéis e estava marcada a data para 06.07.2006... minha mãe me olhou e disse que não me ajudaria em nada, que eu me virasse sozinha já que eu queria casar com ele, meu pai não me apoiou muito também, não pelo Ronaldo porque ele gostava dele mas por causa da minha mãe... Comecei os preparativos sozinha, sem ninguém pra me ajudar... corria atrás de vestido, decoração, bolo, festa, convites...enfim... sozinha... nem irmãos , nem pais pra me ajudar... até que no trabalho encontrei duas amigas muito especiais Carla e Thaís (fora a Dani e a Lu) que me deram a maior força moral também... mas a Carla e a Thaís de certa forma colocaram a mão na massa...rs... Eu não queria mais fazer chá de panela... me sentia triste... mas mesmo assim elas organizaram... ficou uma graça... enfim.. chegou o dia do meu casamento no civil e nem pai, nem mãe, nem irmãos, ninguém da minha família compareceu... mas estavam lá meus amigos... Thaís, Romero, Sheila, Celina que foram meus padrinhos no Civil... na igreja o casamento estava marcado para 29.07.06 . Devido ao fato de minha mãe ter dito que não iria ao meu casamento e já estar a um bom tempo fazendo uma pressão psicológica muito grande pra eu não me casar com o Ronaldo eu saí de casa e fui morar na casa alugada para o nosso casamento já, no dia da mudança, dalí só voltei pra casa para buscar minhas roupas... e quando cheguei lá , fui praticamente enxotada... meu pai nem falou comigo, minha mãe disse que eu estava morta pra ela, a única pessoa que me recebeu com carinho quando eu estava desesperada ao ouvir tudo aquilo, foi o meu avô... em meio aos meus questionamentos se estava errada ele me disse... Você está certa! Seja feliz... eu te abençôo... quando o meu avô me disse que me abençoava e que eu seria feliz... Hááá´... nada mais me segurou... abandonei todas as minhas incertezas e comecei a batalhar muito mais pelos preparativos, visto que eu já tinha até pensado em desistir do casamento religioso pelo fato de minha família (minha mãe em especial) dizer que não compareceria... Depois de casada no civil, já morando na mesma casa que meu marido, eu acordava várias e várias vezes durante a noite chorando pela saudade dos meus pais, e triste pelo desprezo de minha mãe... mas encontrei em meio a tudo isso uma família que me amou e me amparou como filha... (Minha tia Rose e meu tio Airton)... Minha tia foi minha madrinha, foi quem me ajudou com a decoração, com vestido, com o meu dia de noiva, com o melhor presente... com tudo... foi quem me levou pra igreja e quando me viu vestida de noiva se emocionou, além dela tenho mais duas pessoas maravilhosas... Minha sogra (2ª mãe e meu sogro...) que me apoiaram , seguraram minha mão, me deram colo... enfim... chegou o dia do casamento, eu havia alugado um terno para meu pai e e pedi que ele fosse buscar, ele me disse que faria o papel de pai dele, me levar até o altar... Realmente , quando cheguei de noiva na igreja meu primeiro pensamento foi... Será que meus pais vieram??? é o sonho de toda moça que se casa ter os seus pais ao seu lado, mas pra minha surpresa , só o meu pai veio me cumprimentar... muito nervoso, tremia bastante... mau falamos... a cerimonialista disse... Alexandra... vamos entrar... Saí do carro e um frio na barriga, uma tristeza por saber que minha mãe não estava lá... quando a música de entrada começou a tocar que ví o Ronaldo me olhando... foi mágico...

Esqueci de tudo e de todos... não sabia quem estava ou não naquele lugar... só conseguia vê-lo e saber que eu seria , como sou, a mulher mais feliz do mundo.... Recebemos a benção de Deus... Ele é o marido mais lindo, querido do mundo... EU SOU FELIZ!!! E agradeço à Deus por ter me dado forças para ouvir meu coração...

1º Dentinho da princesa Helena - Novembro 2013


1º Dentinho

Ah que alegria filha... Hoje 03 de novembro de 2013 estávamos na sala, papai, mamãe e Heitor assistindo televisão e aguardando o pastel que havíamos pedido chegar, quando o entregador buzinou papai foi até o portão para receber o pedido e você gritava eufórica soltando gritinhos... fui te olhar e brincar com você para tentar entender o porquê de tanta animação e você puxou minha mão como de costume, para mordiscar e coçar a gengiva. Nesse momento, meu dedo doeu, senti como que uma lixinha pontuda furando meu dedo indicador, pensei inicialmente que fosse algum cantinho de unha seu, visto que estava com sua pequenina mão segurando meu dedo com força dentro de sua boca... mas novamente senti... então resolvi me certificar do que se tratava, e pra minha alegria e surpresa, pois ainda hoje após o almoço eu e a vovó Joana conversávamos e ela havia me perguntado se o seu dentinho havia saído, respondi que não. Quando abri sua boquinha lá estava o motivo da lixinha... a gengiva já aberta e a serrinha do dente apontando dentro da abertura... não teve choro, não teve sangue, não teve dor, mas ao invés disso, muitos gritos de felicidade... euforia e alívio. Essa é a nítida impressão que tive, seus gritos eram de alívio por ter rompido aquilo que te causava dor e desconforto... Agora mamãe confessa. Estou apreensiva, fui te amamentar logo depois da descoberta e fiquei preocupada, você vem mordiscando o “tetê” como chamamos carinhosamente, para coçar a gengivinha, espero que elimine esse hábito ou terei muitos calafrios ao te amamentar meu amor.
 

Mamãe está muito feliz com essa nova etapa. Te amamos muito!

Beijos do papai, mamãe e Heitor.

 

Outubro de 2013 - Falecimento do vovô José - dia muito triste pra mamãe...


Falecimento do vovô
 
Pois é...foi bem às vésperas do aniversário da mamãe... Vovô faleceu dia 23, o sepultamos dia 24 e mamãe fez aniversário dia 25.

No dia 23/10/2013 mamãe se consagrou ao Senhor pelo vovô que estava em estado grave na UTI do hospital Ruth Cardoso a 23 dias... Mamãe estava muito esperançosa, mas pediu a Deus que fizesse a vontade Dele... eu acreditava que o vovô seria curado. Então tivemos uma manhã tranquila... Heitor ficou na creche como de costume e Helena foi trabalhar com a mamãe... Ao 12:00 recebi a marmita para almoço e fui comer com a princesinha Helena me olhando... quando terminei de almoçar voltei pra minha mesa no trabalho e observei um recado no comunicador “Ronaldo Verde Vale ligou, favor retornar a ligação” liguei... papai atendeu e infelizmente recebi a péssima notícia... me tirou o chão e me roubou as pernas... Fui amparada por uma amiga querida...O papai foi nos buscar na empresa e nos levou direto para a casa do vovô para aguardarmos que o corpo fosse liberado, enquanto vovó estava no hospital com o titio resolvendo alguns detalhes burocráticos... A perda do vovô foi pra nós algo chocante... mamãe ficou muito, muito triste... apesar de ele estar internado a alguns dias, eu tinha grande esperança de que voltasse conosco pra casa. 

A última vez que o vi com vida... No dia 21/10/2013 na visita noturna às 21:30h entrei sozinha... vovó estava resfriada e não pode me acompanhar... Ele estava com os lindos olhos cinzas abertos, e me olhava fixamente, mas dava a impressão de não me ver... falei com ele a respeito do Tio Dinho (Tio avô de vocês) e ele mexeu os olhinhos... falei a respeito do Espírito Santo que também estava com ele e jamais o abandonaria e ele também mexeu os olhos... eu olhei fixamente em seus olhos e disse que o amava, antes de sair , não sabendo eu que seria a última vez a vê-lo com vida... No dia seguinte, eu iria visita-lo novamente, mas a vovó Joana me ligou pedindo que eu deixasse o tio Eduardo entrar com ela para visita-lo, pois ele não teve como ir no horário da tarde por estar trabalhando... e mamãe então deixou... ah se eu soubesse, teria eu mesma entrado com ele... Mas meu coração fica em paz por saber que fiz tudo o que podia pra recuperação do vovô... me dediquei incansavelmente pela recuperação dele... Não foi fácil a perda...e agora mamãe segue tentando se recuperar... não há noite que não pense nele, que não lembre seu sorriso...

Heitor conheceu o vovô e brincou bastante com ele... vovô o chamava de Tremendão... um apelido carinhoso pelas sapequices do Heitor...

A Helena ele chamava de Princesa ou Bolinha... por ser uma bebê bem sorridente e fofinha...
 
Vamos guarda-lo pra sempre em nossos corações...
 
Vovô José agora está no céu... mamãe contou pra você filho que o vovô virou uma estrela, porque você vive perguntando... então você sempre respondia... não mãe, o vovô Zé virou um sol... a mamãe chora que se acaba... agora você olha pro céu quando a noite está estrelada e diz... mãe eu queria passear de foguete lá com o vovô José no céu... Você é muito especial meu amor , e privilegiado por ter conhecido seu avô...

 
 
No dia seguinte ao seu aniversário você disse entre outras coisas: Mãe to tiste que o vovô José não veio no meu aniversário! expliquei que vovô está no céu e não tinha como vir, mas mandou um beijo e disse que o amava... você rapidamente soltou um beijo na mão apontando pro céu e disse: beijo vovô José, também te amo!
Mamãe se derrete inteira... te amooo filhão... Amamos você vovô José... Saudades sem fim!!!

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Fevereiro 2014

Meus amores... fevereiro chegou e com ele tantas descobertas... Tantas boas novidades... Então vamos a elas... Mês de festa de aniversário: O seu aniversário foi em 31/01/2014 meu amor , mas a sua festinha em casa fizemos no dia 02/02/2014 , o tema foi Carros... foi muito legal... tivemos como convidados a família e alguns amigos especiais... Você amou tudo, brincou muito , se divertiu bastante... Helena também curtiu o colorido da decoração, a presença dos amigos... Foi tudo delicioso... Mamãe vai postar fotinhos pra você ver como foi legal... Como você disse no final da festa : Obrigado papai por fazer o meu "Vessário" kkkk mamãe se mata pra preparar tudo e papai que recebe os créditos...rs... tudo bem... somos um, entendo que também foi pra mim...
Calor 40 graus... Tivemos calor de 40 graus nesse verão , a sensação térmica era absurda de quente... nem sei dizer quanto... você ganhou de presente de aniversário da dinda uma piscina... pensa na festa que fizemos...
Mês de adaptações : Volta as aulas pro Heitor e início de aulas pra Helena... Heitor filho, você teve uma reação tão diferente da que esperávamos... tem chorado muito, diariamente tem sido um pesar deixar você na escolinha...agarra minhas pernas, grita pedindo que eu não vá trabalhar, repete a mesma cena quando é seu pai quem o leva, ao final do dia as professoras nos informam que até o 12:00 (meio dia) você chorou bastante e não se envolveu em atividades, prefere se isolar e não se alimentar no período da manhã. Tamanha foi a preocupação que isso causou, que pedi a sua transferência pra mesma escola que sua irmã estuda, a escola que você estudava quando bebê... Foi uma festa lá pra eles... As diretoras queridas T e A que amam você de paixão ficaram em polvorosa por saber que vai voltar e estão fazendo de tudo pra que isso ocorra o quanto antes, enquanto isso não acontece a mamãe e o papai conversam com você diariamente, explicam que precisa ir pra escolinha, que papai e mamãe precisam trabalhar pra colocar comidinha em casa, pra comprar presentes pra vocês.... são tantas as necessidades de uma rotina, só quando crescer vai entender bem do que estamos falando... Helena princesinha... deu um show de simpatia... é a miss sorriso da sala... além de você tem outro bebezinho que ainda engatinha... pois é ... falando em engatinhar, você começou a dar suas engatinhadas tímidas na semana passada... está muito engraçadinha... dá tchau, fala papa, mamã, dada... um encanto de menina... na escola como diz o papai...faz cara de paisagem quando a deixamos, quando vou busca-la e me vê, logo se estica no colo da professora ou agente que esteja com você... e se está no chão , dá os bracinhos e faz denguinho. Em casa , depois que chego, não posso te soltar por nada, faz um berreiro, arma uma gritaria ... Talvez seja a forma de demonstrar que sente saudades da mamãe... e eu entendo perfeitamente... Domingo dia 16/02/2014 foi um dia muito especial, dia de uma conquista muito especial pra nossa família... um bem material que se Deus quiser vai servir pra vocês no futuro, mas com certeza no presente vamos curtir bastante... Felicidade total... E por enquanto é isso... a sua última de hoje Heitor foi essa: Eu atendendo a Helena você me pede... mãe coloca os Smurfs pra mim... respondi: Já vai filho... você pediu novamente : Mãe coloca os Smurfs... fui colocar, você me olha e diz: Mãe, se você não me obedecer não vou mais te dar surpresa e o papai também não vai trazer mais surpresa pra você... isso tudo com a mão na cintura... Fui obrigada a rir... Amo vocês!!!! Beijos